Skip to content

Um ano eleitoral, somente

Anos de Eleições Municipais são importantes para Guaíra. Período em que todos os problemas da cidade vêm a tona e muitas soluções são apontadas. Maravilha se todas a soluções apontadas durante o período eleitoral se concretizassem nos quatro anos vindouros do vencedor do pleito.
Mas a história mostra que a realidade nunca foi esta. Se será um dia? Ninguém sabe. Para Deus nada é impossível.
O que é latente em ano de pleito eleitoral, é que a atividade econômica — fora os setores ligados às propagandas e campanha — pára. Um ano de incerteza em que os investidores se retraem e que uma parcela do povo volta seus olhos e esforças para a ‘festa da democracia’. Claro que esta parcela não se volta para às urnas de graça.
No frigir dos ovos, ano de eleição é ano do jeito que político gosta, de muita promessa, ataque e pouca ação.
Para o ano que vem o cenário econômico pintado para o Brasil, não é dos melhores. Influências externas e a insistência em não fazer a lição de casa podem causar queda na atividade econômica.
Pode ser que Guaíra seja pouco influenciada pela crise mundial, uma vez que produz alimentos e combustíveis, produtos que em qualquer época tendem a manter o consumo. Mas agora é esperar para ver, porque um novo governo na Prefeitura pode fazer alguma diferença na economia.

Notícias relacionadas

Comentários

Nenhum comentário nesta notícia.

Não existem comentários.

Comente esta notícia

Campo obrigatório

Campo obrigatório

Campo opcional