Skip to content

Leilão pró Hospital de Câncer rende cerca de R$ 320 mil

pg 1 principal HC Barretos

O trabalho de fôlego realizado pela equipe organizadora do leilão de gado em favor do Hospital de Câncer de Barretos sábado último no Haras de Marinho Ferreira, sob sua direção e do empresário Omar Allab, iniciou de um patamar de R$ 160 mil e, na sequência da “batida de martelo” rendeu outros calculados R$ 160 mil. Até ontem à tarde os números ainda não haviam sido fechados, pois, o leilão só termina realmente depois de concretizada a arrecadação junto aos arrematadores, mas, segundo Omar Allab, no total atingiria R$ 320 mil. A direção segura do leilão, a cargo do competente leiloeiro Agnaldo Agostinho, do Canal do Boi, rendeu uma tarde descontraída e proveitosa, lance a lance durante cerca de cinco horas.

Os participantes do leilão, na maioria empresários rurais da região – mas também profissionais liberais – davam lances e, muitos deles, depois de arrematar ofertavam a prenda para ser leiloada novamente, o que fez aumentar a arrecadação.

Havia dois produtos que despertaram especial atenção: um deles, a viola caipira feita a mão pelo comerciante e também luthier Antônio Beletti. A viola de imbuia foi arrematada por Aluisio Aguetoni por R$ 1.800. O outro era um violão autografado pela dupla Rio Negro e Solimões que atingiu o valor de R$ 5.500, mas, seu nome não foi divulgado.

A festa teve início às 11h com o primeiro corte em um boi no rolete de 230 quilos preparado por Adão Maciel, que veio de Valentim Gentil especialmente para organizar o churrasco, incluindo um porco e um carneiro, também no rolete. O assado temperado com a mistura de óleo, vinagre, cerveja e tempero ficou pronto depois de seis horas e foi consumido em outro tanto de tempo.

Notícias relacionadas

Comentários

Nenhum comentário nesta notícia.

Não existem comentários.

Comente esta notícia

Campo obrigatório

Campo obrigatório

Campo opcional